Judiciário divulga calendário da Carreta da Justiça em 2017

Desde agosto de 2016, com o lançamento do programa “Judiciário em Movimento”, que tornou 100% dos municípios de MS sedes de comarcas, a população sul-mato-grossense vive uma nova realidade quanto ao poder Judiciário.

Com isso, os municípios de Alcinópolis, Antônio João, Aral Moreira, Bodoquena, Caracol, Corguinho, Coronel Sapucaia, Douradina, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Japorã, Jaraguari, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Paranhos, Rochedo, Santa Rita do Rio Pardo, Selvíria, Tacuru, Taquarussu e Vicentina estão sendo atendidos pela Carreta da Justiça.

A Carreta da Justiça já percorreu as cidades de Rochedo, Corguinho, Taquarussu, Guia Lopes da Laguna, Aral Moreira, os distritos de Rochedinho e Anhandui, Bodoquena e Caracol. O sucesso da iniciativa inédita no país é tão grande que foi necessário montar um roteiro de atendimento para 2017.

Assim, de 15 a 19 de maio, com 14 mil habitantes, Coronel Sapucaia será beneficiada com a presença da carreta. De 22 a 26 de maio será a vez de Paranhos e de 29 de maio e 2 de junho, de Tacuru – cidades com 13 mil e 11 mil habitantes, respectivamente.

Em junho será a vez de Japorã e Laguna Carapã. A primeira de 19 a 23, e a segunda entre os dias 26 e 30. Vicentina receberá a equipe da carreta de 10 a 14 de julho; Jateí, de 17 a 21 de julho, e Novo Horizonte do Sul, de 31 de julho a 4 de agosto.

Quatro cidades serão contempladas nos meses de agosto e setembro: Juti (de 21 a 25 de agosto),  Douradina (de 28 de agosto a 1º de setembro), Santa Rita do Pardo (de 11 a 15 de setembro) e Selvíria (de 18 a 22 de setembro). Nos três últimos meses do ano será a vez de Paraíso das Águas (de 2 a 6 de outubro), Jaraguari (de 6 a 10 de novembro), Figueirão (de 20 a 24 de novembro) e Alcinópolis (de 27 de novembro a 1º de dezembro).

Para o ano de 2018, Ladário será a primeira a receber a Carreta da Justiça, de 29 de janeiro a 2 de fevereiro.

Carreta da Justiça – A unidade móvel tem jurisdição em todo o Estado e competência para apreciar e julgar todas as ações de natureza cível, criminal e juizados especiais distribuídas durante suas jornadas, assim como atuar em mutirões processuais, além de processos do Tribunal do Júri. A carreta tem a estrutura de um pequeno fórum, com gabinete para o juiz, salas para Defensoria Pública e Ministério Público, recepção, espaço para advogado, além de copa e banheiros.

(Visited 22 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!