Bolsonaro pode ajudar ficando calado, diz Simone Tebet

Segundo ela, declarações do presidente atrapalham e retardam as reformas

Em entrevista concedida no início da tarde de hoje à Globo News, a senadora Simone Tebet (MDB/MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), disse que o presidente Jair Bolsonaro pode ajudar a aprovar a reforma da Previdência no tempo mais rápido possível “ficando calado”, evitando dar declarações polêmicas que atinjam o Congresso Nacional.

“Eu poderia dizer com muita tranquilidade, de quem quer ajudar o governo, que o presidente pode ajudar ficando calado, não sendo adversário do próprio governo”, afirmou a senadora, acrescentando que “toda vez que ele [Bolsonaro] gratuitamente ofende a classe política, joga as redes sociais contra o Congresso, ele acaba atrapalhando”.

Segundo a senadora, manifestações de Bolsonaro sá atrapalham (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

A primeira etapa de tramitação da reforma da Previdência no Senado passa pela CCJ. Segundo Simone Tebet, a reforma da Previdência está “blindada” e será aprovada no Senado no máximo até início de outubro. Mas esse prazo pode acabar sendo esticado, o que de acordo com a parlamentar, “não é positivo para um país que precisa reduzir o desemprego”, caso o presidente da República continue dando declarações polêmicas que gerem turbulências no Legislativo.

Sobre as discussões em torno da indicação do filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para embaixada brasileira nos Estados Unidos, a senadora afirmou que Bolsonaro deveria reavaliar a indicação.

“O presidente daria um grande exemplo recuando nessa questão, sabendo que isso pode contaminar, sim, o ambiente político”, afirmou.

(Visited 147 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!