Joice Hasselmann sobre Greenwald: “um mentiroso”

Jornalista publicou decisão de sindicato que condenou a deputada por plágio

A troca de farpas entre o jornalista Glenn Greenwald, responsável pela publicação dos vazamentos de conversas do ministro Sergio Moro e outras autoridades e da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo no Congresso, ganhou um novo capítulo na noite de ontem.

Após ser atacada pelo norte-americano, a parlamentar respondeu, chamando Glenn de “mentiroso”. “O pseudo jornalista receptador de mensagens roubadas é também um grande enganador. No bom português: um mentiroso. Sugiro ao receptador consultar a justiça em segunda instância que anulou a armação do sindicato picareta ligado à CUT”, escreveu Joice.

Na última segunda-feira, Glenn foi as redes sociais para lembrar que Joice, a principal porta-voz do PSL nas críticas ao The Intercept Brasil, já foi punida no tempo em que atuava como jornalista. Em 2015, o sindicato da categoria condenou a então repórter por copiar 65 matérias de 42 colegas diferentes entre  os dias 24 de junho e 17 de julho de 2014.

“Além de tudo isso, somente no PSL uma pessoa expulsa da profissão de jornalista por plágio reincidente poderia ser a porta-voz da ética no jornalismo. Por favor, Joice, nos ensine mais (*este tweet foi escrito por mim*)”, escreveu Greenwald.

Em entrevista à revista Época na última sexta-feira, Joice Hasselmann defendeu a prisão de Glenn Greewald e afirmou que não é a favor de se prender jornalistas, mas bandidos.

Em seu tweet, Greenwald anexou a decisão do Conselho de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Paraná (Sindijorpr) da expulsão de Joice do quadro dos profissionais do órgão por acusação de plagiar textos de 23 diferentes jornalistas.

Último Segundo

(Visited 4 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!