Força-tarefa vai combater mosquito da dengue no Carnaval

Desde ontem, mais de 60 agentes estão mobilizados no combate ao mosquito Aedes  aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya. A ação faz parte do Plano de Contingência estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) frente ao aumento no número de casos de dengue no município. Conforme a programação, o mutirão teve início às 07h no bairro Moreninhas. A concentração foi no parque Jacques da Luz.

Segundo o coordenador da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV), Eliasze Guimarães, o trabalho deve se estender até terça-feira (5) nos bairros com alto índice de notificação.  A moreninha, por exemplo, apresenta 1.160 notificações de dengue para cada 100 mil habitantes.

“Isso preocupa porque nos mostra que há uma probabilidade muito grande das pessoas ficarem doentes naquele local. Por isso a necessidade de reforçar o trabalho a fim de evitar que isso ocorra”, disse.

Além da Moreninha, encontram-se com alto índice de casos notificados os bairros Centro-Oeste, Los Angeles, Veraneio e Jardim Noroeste.

De janeiro até o dia 26 de fevereiro foram notificados em Campo Grande 6.414 casos de dengue.  O número expressivo coloca o município em situação de epidemia da doença, considerando o limite de 300 casos para cada 100 mil habitantes.

Paralelo ao serviço de campo dos agentes de saúde durante o período de Carnaval, o combate ao aedes também será reforçado com o fumacê.

Por conta do aumento no número de casos, a prefeitura determinou aumento de três para nove equipes que estão rodando as sete regiões da cidade diariamente.

(Visited 5 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!