Marquinhos Trad anula notificações da Flexpark que jamais foram emitidas

Em mais um golpe populista, prefeito da Capital distorce os fatos para se dar bem com o eleitorado

Durante transmissão da live desta segunda-feira, na qual em tese deveria ater-se a questões relacionadas às ações do município no combate ao novo coronavírus, o prefeito Marquinhos Trad aproveitou para fazer política e conquistar o voto dos mais incautos ao anunciar o “cancelamento” das notificações aplicadas aos motoristas que não acionaram os parquímetros nos dois últimos finais de semana em que o comércio foi proibido de funcionar. Mais uma vez ele faltou com a verdade, pois esses equipamentos não funcionam – e nunca funcionaram – aos domingos.

O comportamento populista que marca a gestão de Marquinhos Trad, que não hesita em faltar com a verdade quando vê a oportunidade de conquistar a simpatia do eleitorado mais desinformado, veio mais uma vez à tona nesta segunda-feira. Durante o final de semana circulou em grupos de WhatsApp e nas redes sociais vídeo (clique aqui e assista) que mostra uma colaboradora da Flexpark checando se alguns motoristas que estacionaram seus carros em trecho da Rua Dom Aquino haviam acionado o parquímetro.

Não há como apurar a data em que o vídeo foi gravado, mas a pessoa que fez as imagens diz que a colaboradora da Flexpark estava “multando” os veículos “em pleno sábado”. Tudo indica que a gravação ocorreu no dia 25 passado, que a exemplo do que ocorreu no sábado anterior, 18 de julho, o comércio permaneceu fechado, assim como nos dois últimos domingos, 19 e 26 de julho, por força de decreto do prefeito Marquinhos Trad.

Pressão popular 

O vídeo viralizou nas redes sociais e deve ter tirado o sono do prefeito, pois ao narrar o fato, o autor das imagens questiona: “Pode um negócio desse? As lojas todas fechadas e a moça multando todos os carros. É uma pouca vergonha essa gestão do prefeito. Comércio todo fechado em pleno sábado e muitas lojas indo à falência, mas a Flexpark multando as pessoas. É uma pouca vergonha. Esse prefeito está acabando com a cidade de Campo Grande, com empresários e comerciantes, formais e informais”.

Incomodado, Marquinhos Trad se apressou para se defender e na live desta segunda-feira disse ter assistido ao vídeo “com muita atenção” e que decidiu publicar decreto ainda hoje anulando todas as notificações emitidas pela Flexpark nos dias 18, 19, 25 e 26 de julho.

“Não é possível, decente, digno e justo atividades econômicas não essenciais paralisadas e mesmo assim a aplicação por parte da empresa de notificação, não multas, daqueles que não estavam usando os adesivos do parquímetro. Por isso, ainda hoje vou publicar decreto anulando as notificações, que irão para a lata do lixo”, disse o prefeito, tentando parecer indignado com a situação.

No decreto, continua ele, será estabelecido que a Flexpark passa a funcionar de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 9h ao meio-dia. Ouvida pelo jornal Vox MS, a direção da empresa informou que jamais ativou os parquímetros aos domingos, inexistindo, portanto, notificações nesses dias. Quanto ao funcionamento no sábado, disse que não recebeu nenhuma orientação da prefeitura no sentido de paralisar suas atividades nesse dia da semana.

Incompetência ou cochilo

Por conta desse imbróglio, duas questões fima no ar: ou o prefeito e sua equipe se esqueceram da Flexpark quando redigiram os decretos que estabeleceram o fechamento do comércio, ou a Agetran está muito mal administrada, pois se a Flexpark está operando aos domingos e isso jamais foi percebido, é sinal de que tem gente cochilando em momento errado.

(Visited 1.311 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!