Preços dos combustíveis têm nova queda na Capital

Concorrência e baixo consumo reduziram preço do litro da gasolina para R$ 3,777

O Procon Estadual realizou pesquisa de preços de combustíveis em Campo Grande e constatou que além da queda no consumo, a concorrência está contribuindo para baixar os preços na bomba. Logo após o fechamento da coleta dos dados para a pesquisa, que ocorreu em 28 de abril, já no dia 29 foi constatada nova queda no preço do litro da gasolina comum, que pode ser encontrada por R$ 3,777 no Auto Posto Bonato da Avenida Via Park, para pagamento em dinheiro ou cartão de débito. Até então, o posto comercializava o litro do produto por R$ 3,977.

De acordo com a pesquisa do Procon, realizada no período de 13 a 28 de abril, a verificação de preços se deu em relação a  gasolina comum e aditivada, etanol e diesel S 100 e S500, nas modalidades de venda  à vista em dinheiro, no débito e crédito.

Fechados os números, foi constatada diferença de 75,322% para o pagamento do litro do etanol com o cartão de débito ou dinheiro, uma vez que o produto pode ser adquirido por R$ 2,099 no Auto Posto Bandeiras ou por R$ 3,680 no Posto Imbirussu.

Com relação ao Diesel S10, para pagamento com cartão de crédito há variação de até 41,494%. O produto foi encontrado por R$ 3,099 no Auto Posto Nações Indígenas e por R$ 4,399 no posto Via Norte.

No que diz respeito à gasolina comum, o menor preço do litro foi encontrado no Posto São Marcos, por R$ 3,799, valor superado pelo novo preço estabelecido pelo Posto Bonato, que baixou para R$ 3,777 após o final da coleta de preços realizada pela equipe do Procon Estadual.

Como ocorre a cada pesquisa realizada pelo Procon Estadual, a equipe estabeleceu termos comparativos entre os dois trabalhos mais recentes. A atual e a realizada em fevereiro passado. O detalhe, neste caso, é que todos os produtos que constam do levantamento tiveram redução de preços.

No comparativo se verifica defasagem de 17,25% no preço do litro do etanol pago em dinheiro (em fevereiro custava R$ 3,528 e  agora foi encontrado por R$ 3,009)  e de 17,21% no mesmo produto quando vendido no débito (R$ 3,528 em fevereiro e R$ 3,010 nesta última pesquisa).

Clique aqui e veja a pesquisa de preços na íntegra

Clique aqui e veja o comparativo de preços

(Visited 51 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!