Sinpetro terá que explicar ao Procon os motivos do alto preço do álcool nos postos

Valor do litro do combustível disparou e agora Procon quer saber se houve reajuste nas usinas

O recente aumento nos preços da gasolina e óleo diesel autorizada pela Petrobras, levou proprietários de postos de combustíveis a elevar, também, os valores praticados na comercialização do etanol, o que deixou perplexos proprietários de veículos que tinham decidido substituir a gasolina pelo derivado da cana de açúcar.

Diante disso, Marcelo Salomão, superintendente do Procon Estadual decidiu notificar o Sindicato do Comércio Varejista de  Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato grosso do Sul (Sinpetro), que representa os empresários revendedores, a no prazo improrrogável de 10 dias informar se ocorreu reajuste do etanol nas usinas e distribuidoras nos últimos dias.

A notificação quer o órgão associativo indique, também, qual o percentual aplicado para os aumentos registrados e os motivos da elevação dos preços. A iniciativa do Procon Estadual leva em consideração que os valores praticados hoje praticamente inviabilizam atividades laborais a pessoas que dependem dos veículos como ferramenta de trabalho e fonte  de renda e sustentação de suas famílias.

Valor do litro do etanol disparou nos postos de Campo Grande e do interior (Foto: Vox MS)

(Visited 108 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias