Prefeito e 7 vereadores são presos em Ladário

Secretário municipal de Educação também foi preso preventivamente

Operação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) desencadeada na manhã de hoje levou para a cadeia o prefeito de Ladário, sete vereadores e ainda um secretário municipal. De acordo com o Ministério Público Estadual, eles teriam se associado para praticar atos de improbidade por meio de esquema conhecido como “mensalinho”.

O prefeito de Ladário Carlos Anibal Ruso Pedrozo, do PSDB, preso na manhã de hoje (Foto: Arquivo)

Foram presos o prefeito Carlos Anibal Ruso Pedrozo (PSDB), o secretário municipal de educação Helder Naulle Paes e sete dos 11 vereadores de Ladário, que segundo o site de notícias Folha MS seriam  Vagner Gonçalves (PPS), Agnaldo dos Santos Silva Júnior (PTB), André Franco Caffaro (PPS), Augusto de Campos (MDB), Lilia Maria Villalva de Moraes Silva (MDB), Paulo Rogério Feliciano Barbosa (PMN) e Osvalmir Nunes da Silva (PSDB).

Eles foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, onde estão sendo feitos os registros das prisões e outros procedimentos, e devem ser na sequência levados para o Centro de Triagem “Anízio Lima”, em Campo Grande, onde estão presos outros políticos, como o ex-governador André Puccinelli e o ex-deputado federal Edson Giroto.

Conforme o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), as investigações têm por objetivo esclarecer uma suposta prática dos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva na Câmara Municipal e na prefeitura da cidade.

O Procurador-Geral de Justiça do Estado, Paulo Cezar dos Passos, por meio da Assessoria de Comunicação do Ministério Público, informou que no total foram 9 mandados de prisão preventiva cumpridos, por determinação do desembargador Emerson Cafure, da Seção Especial Criminal do Tribunal de Justiça do Estado.

As prisões do prefeito, secretário e dos 7 vereadores, bem como o afastamento para o exercício dos respectivos cargos, decorrem de pedido formulado pelo MPE em razão da existência de elementos acerca de conluio entre o legislativo e executivo de Ladário em esquema popularmente conhecido como “mensalinho”.

(Visited 254 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!