Quatro pessoas presas por fraude em Dourados

Na ação teriam sido presos dois vereadores e dois servidores da prefeitura

O Ministério Público Estadual, com o apoio do Gaeco, Bope, Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), deflagrou hoje em Dourados a Operação Pregão. No total foram cumpridos 4 mandados de prisão preventiva de agentes públicos e políticos do município, bem como 16  mandados de busca e apreensão.

As investigações têm por objetivo esclarecer a atuação de uma suposta organização criminosa composta por agentes públicos, políticos e empresários, visando a pratica de diversos crimes incluindo fraude em licitação, dispensa indevida de licitação, falsificação de documentos, advocacia administrativa, crime conta a ordem financeira  e demais condutas tipificadas na Lei Anticorrupção.

Os mandados foram expedidos pelos juízes Luiz Alberto de Moura Filho e César de Souza Lima, da 1ª Vara Criminal de Dourados. A identidade dos presos não foi divulgada pelo MPE.

O nome da operação, “Pregão”, refere-se à modalidade de procedimento licitatório mais utilizada pelos investigados em sua atuação. No total, participaram da operação 13 equipes, compostas por aproximadamente 75 policiais militares, civis e servidores, além dos 6 promotores de Justiça de Dourados e Campo Grande.

(Visited 34 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!