Harfouche aproxima Trad da reeleição já no 1° turno

No sistema de apuração do TSE, situação do promotor aparece como "anulado - sub judice"

Com 15 candidatos na disputa, dois deles sub judice e cujos votos não serão contabilizados, o campo-grandense vai às urnas neste domingo para escolher o próximo prefeito de Campo Grande. Marquinhos Trad lidera as pesquisas e tem vaga garantida no segundo turno caso essa condição se confirme, mas não é possível apostar no nome de quem quem irá enfrentá-lo se de fato a eleição não for definida hoje. De concreto existe a certeza de que a situação do promotor Harfouche poderá garantir a vitória de Trad no primeiro turno.

Disputam o cargo de prefeito Cris Duarte (PSOL), Dagoberto Nogueira (PDT), Esacheu Nascimento (PP), Guto Scarpanti (Novo), João Henrique Catan (PL), Marcelo Miglioli (Solidariedade), Márcio Fernandes (MDB), Marcelo Bluma (PV), Marquinhos Trad (PSD) Paulo Matos (PSC), Pedro Kemp (PT), Sérgio Harfouche (Avante), Sidneia Tobias (Podemos), Thiago Carvalho (PCO) e Vinicius Siqueira (PSL).

Se forem levados em consideração os resultados das pesquisas publicadas até a noite de ontem, a disputa será definida já neste domingo, com a reeleição do prefeito Marquinhos Trad. Essa situação tornou-se possível após o promotor Harfouche ter anunciado que iria permanecer no páreo, com recurso ao Tribunal Superior Eleitoral, após o Tribunal Regional Eleitoral ter confirmado decisão de primeira instância que indeferiu o registro de sua candidatura.

Esta fragilizou-se pelo fato de a legislação vedar que juízes e promotores disputem cargos eletivos sem que antes se aposentem ou peçam exoneração. Harfouche insistiu em permanecer na disputa, colocando em risco possível segundo turno porque os votos eventualmente dados a ele não entrarão no cômputo geral processado neste domingo pelo TRE (o que só ocorrerá se ele tiver êxito no recurso ao TSE).

O mesmo ocorreu há dois anos com o então candidato a deputado federal Alcides Bernal (PP), que teve mais de 46 mil votos anulados pela Justiça Eleitoral após concorrer na condição sub judice.

No caso atual, a anulação dos votos de Harfouche aproxima Marquinhos Trad da vitória no primeiro turno, jogando por terra os esforços dos demais candidatos de levar a disputa para ser decidida em 29 de novembro. Também se encontra na mesma condição do promotor o estudante Thiago Carvalho, candidato a prefeito pelo PCO.

Condição de Harfouche e Thiago no TSE

Pesquisas

Essa eleição será também a prova de fogo para os institutos de pesquisas. Marquinhos lidera em todos os resultados divulgados, mas chama a atenção a discrepância dos números. Os mais recentes levantamentos colocam o prefeito na condição de eleito pelo Itop/Top Mídia News (69%), Datamax/Midiamax (62%), IPR/Instituto Resultado (61,44%), Ibope/TV Morena (56%) e Ranking (48,7%).

Os números também divergem bastante sobre os candidatos que ocupam a segunda colocação, não servindo como critério algum para se estabelecer qualquer aposta. O mesmo se dá com relação à rejeição apontada nos levantamentos.

(Visited 229 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias