PGR é acionada para investigar Moro por contratação em consultoria da Lava Jato

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, teve um pedido de investigação por corrupção registrado na Procuradoria Geral da República (PGR) a pedido do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP). O parlamentar argumenta que Moro estaria  sendo retribuído pela consultora norte-americana Alvarez & Marshal, que é a responsável por administrar a recuperação do Odebrecht.

Segundo Teixeira, Moro está se beneficiando por ter autorizado os acordos de leniência e delação premiada que favoreceram a Alvarez & Marshal, quando ainda era juiz federal em Curitiba. O parlamentar pede que a Procuradoria Geral da República investigue “valores e condições” para que Moro fosse trabalhar na empresa, bem como da contratação da Alvarez & Marshal pela Odebrechet.

O parlamentar argumenta que Moro estaria  sendo retribuído pela consultora norte-americana Alvarez & Marshal. (Foto: Wikimedia Commons)

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue a possibilidade de crime de corrupção na contratação do ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça Sérgio Moro pela empresa norte-americana de consultoria Alvarez & Marshal.

“Diante desse cenário, é urgente que se apure as relações, as condições e os valores envolvidos nos contratos celebrados entre o Grupo Odebrecht, a consultoria norte-americana Alvarez & Marshal e, agora, o sr. Sergio Fernando Moro. As decisões proferidas pelo então juiz Sérgio Moro provocaram significativos impactos políticos, sociais e econômicos ao país. Sua atuação foi decisiva para que fossem celebrados acordos e concedidos benefícios ao Grupo Odebrecht , seus sócios e executivos. O mínimo que se espera é que os desdobramentos dessa operação sejam trazidos às claras e que haja transparência na conduta dos envolvidos”, escreve no documento.

Moro e a Alvarez & Marshal disseram à imprensa que não vão se manifestar sobre o caso.

(Visited 9 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Da Redação
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias