Após flexibilizar isolamento, Marquinhos Trad volta atrás e endurece regras

Toque de recolher será ampliado e período de funcionamento do comércio foi revisto

A partir de amanhã, 8 de julho, o toque de recolher em Campo Grande será antecipado em mais duas horas, passando a ter vigência entre as 20h e 5h. A alteração foi anunciada pelo prefeito Marquinhos Trad, que se assustou com o aumento dos casos de contaminação pela covid-19 em virtude da flexibilização de medidas de isolamento social como a liberação de missas e cultos presenciais e percentual de atendimento nas academias de ginástica, dentre outras iniciativas.

Nesta manhã, Marquinhos disse que o novo horário do toque de recolher se estenderá pelos próximos 12 dias. Além disso, o prefeito reduziu, em até 40%, a capacidade que o comércio poderá atender durante o dia. A medida afetará igrejas, academias, restaurantes e lojas.

“É melhor a gente equilibrar o percentual do que fechar. Enquanto muitas cidades estão no lockdown estamos com 40% abertos. São apenas 12 dias”, disse o prefeito, que também citou a suspensão de apresentações musicais ao vivo no mesmo período.

“Os cuidados que estamos tomando é para salvar vidas. Temos 223 leitos de UTI, dos quais, 161 foram ocupados, estamos com uma margem de 28% dos leitos vazios. Se nós reduzirmos nesses 12 dias, um patamar de 40%, até as escolas podem voltar em agosto às atividades”, afirmou.

(Visited 71 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!