Covid-19: com mais 87 mortes, MS bate novo recorde

Ontem foram registrados 59 óbitos provocados pela doença em Mato Grosso do Sul

O número de mortes provocadas pela Covid-19 em Mato Grosso do Sul sege aumentando de forma significativa, de acordo com dados do Boletim Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira pela Secretaria Estadual de Saúde. Nas últimas 24 horas o total de óbitos chegou a 87, 28 a mais do registrado ontem quando 59 pessoas perderam a vida para a doença. Com o sistema de saúde em colapso, o que provoca a falta de vagas em leitos clínicos e de UTI, infelizmente esse quadro pode se tornar mais trágico ainda. A única esperança é a vacinação, que segue a passos lentos em todo o Brasil.

 De acordo com os números da SES, com os novos óbitos o total de vítimas fatais da doença subiu para 4.717. Ao número de pessoas que testaram positivo para a doença foram acrescidas mais 1.295 nas últimas 24 horas, o que dá o total de 225.992 desde março do ano passado. O número dos que se recuperaram soma 205.751. Um total de 1.469 testes ainda não tiveram os resultados divulgados pelas prefeituras.

Com relação à situação da rede de Saúde, 1.218 ocupam hoje leitos clínicos e de UTI.

Vacinação na Capital

A Prefeitura de Campo Grande dará continuidade a aplicação da segunda dose em pessoas que se vacinaram entre os dias 10 e 18 de março ou estão agendadas para receber o reforço do dia 7 ao dia 15 de abril. Excepcionalmente nesta quinta-feira, 8, a vacinação irá ocorrer somente no período vespertino, em 25 pontos espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos do município.

A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) é de que ao menos 3,5 mil pessoas sejam vacinadas, entre trabalhadores da saúde, idosos e vacinados com doses sobressalentes (autorização emergencial), recebam a segunda dose amanhã.  Ontem, primeiro dia de antecipação do calendário da segunda dose, foram vacinadas 5.904 pessoas.

Do dia 19 de janeiro até agora o município vacinou 136.143 pessoas, sendo que 33.178 já receberam a segunda dose, totalizando 169.549 doses aplicadas, segundo dados do “Vacinômetro”.

Das 40 mil doses enviadas na última remessa enviada pelo Ministério da Saúde ao município, na última quinta-feira, 1°, 13 mil foram reservadas para a segunda dose. As demais foram destinadas a vacinação de profissionais das forças de segurança de segurança e idosos das faixa-etárias até então contempladas.

(Visited 20 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias