Planalto põe cartão de vacinação de Bolsonaro sob sigilo de cem anos

O Palácio do Planalto, sede do governo brasileiro, determinou que o cartão de  vacinação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja colocado sob sigilo de até cem anos. A medida foi adotada após a coluna do jornalista Guilherme Amado na revista Época exigir as informações por meio da Lei de Acesso à Informação.

Em resposta ao jornalista, a Presidência disse que as informações de vacinação “dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem”. O presidente Bolsonaro se posicionou de forma reiterada contra a vacinação obrigatória e criou teses conspiratórias sobre os imunizantes, como o da Pfizer que poderia transformar os vacinados em jacarés.

Em maio de 2020,  Bolsonaro só divulgou os resultados do seu teste para Covid-19 após ordem do ministro Ricardo Lewandowski do Supremo Tribunal Federal (STF)

(Visited 50 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Da Redação
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias