Mandetta: “Bolsonaro queria que a Anvisa mudasse a bula da cloroquina”

Luiz Henrique Mandetta, ex ministro da Saúde, revelou durante audiência da CPI da Covid no início da tarde desta terça-feira que o chefe do executivo Jair Bolsonaro queria que a Anvisa mudasse a bula da Cloroquina, medicamento sem eficácia comprovada contra a Covid-19, para que ela passasse a ser indicado no tratamento da doença.

Mandetta conta que foi convocado a participar de uma reunião com o presidente, médicos e ministros para propor a Cloroquina, medicamento que segundo ele, “nunca tinha conhecido”.

Carnaval de 2020

Questionado pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE) sobre uma declaração feita em janeiro de 2020, quando Mandetta declarou que o coronavírus “preocupa no carnaval”, e o motivo pelo qual as festividades não teriam sido canceladas, o médico explicou que até aquele momento não haviam casos da doença no país.

“A gente seguia nesse momento as recomendações da OMS, que não pediu para fechar os voos da China, as feiras de negócio continuaram a acontecer, e expressamente ela dizia que não era para fazer restrição de movimentação e não havia nenhum caso registrado dentro do Brasil.(…) O mundo ainda estava  andando”, afirma Mandetta, que lembra que participou do Fórum Econômico Mundial na Suíça em 2020, e “ninguém usava máscara”, afirmou Mandetta.

(Visited 7 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias