Temer diz que falta “raciocínio pragmático” na política de Bolsonaro
14, janeiro 2022 .
17:30

Temer diz que falta "raciocínio pragmático" na política de Bolsonaro

O  ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou em entrevista na última quinta-feira (13) que o  presidente Jair Bolsonaro (PL) certamente seria reeleito caso seu comportamento durante a pandemia fosse de unificação do país.

Segundo o emedebista, “ninguém tiraria a eleição dele [Bolsonaro]” caso o chefe do Executivo federal tivesse reunido estados e municípios numa ação coordenada de enfrentamento ao novo coronavírus.

Ao combater a vacinação e se afastar dos benefícios da imunização coletiva, “Bolsonaro cometeu um equívoco”, argumenta o ex-presidente.

O posicionamento pode ser entendido como um aceno à sua base. Temer avalia que essa postura de Bolsonaro evidencia uma falta de “raciocínio pragmático” em não buscar votos de pessoas além do seu apoio tradicional.

Temer também opinou sobre as recentes pesquisas eleitorais, que mostram uma expressiva vantagem do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) nas intenções de voto. Temer afirma, porém, que “levar [eleição] no primeiro turno não é fácil”.

“Com o país dividido como está, em grupo Lula, Bolsonaro e terceira via, é difícil ter eleição em primeiro turno”, finalizou.