Fratura por osteoporose pode causar déficits neurológicos
14, junho 2022 .
14:18

Fratura por osteoporose pode causar déficits neurológicos

Normalmente, a fratura por osteoporose ocorre após uma queda da própria altura ou um traumatismo pequeno em paciente idoso ou que tem osteoporose.

O principal sintoma é a dor, mas dependendo da gravidade da fratura, podem ocorrer déficits neurológicos, tais como perda de força ou de sensibilidade nos membros inferiores ou superiores – o que pode variar de acordo com o nível da coluna afetado.

Um diagnóstico diferencial que deve ser considerado nas fraturas patológicas da coluna vertebral são os tumores. Uma fratura aparentemente osteoporótica pode se confundir com a fratura vertebral causada pelo enfraquecimento que o tumor provoca na vértebra.

O tratamento inicial geralmente envolve o uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios – quando não há contraindicação para o uso destes – e o uso de um colete.

“Caso a dor seja insuportável, não melhore com o tratamento clínico ou ocorra deformidade grave da coluna, o tratamento deve ser cirúrgico, explica Marcelo Amato, médico neurocirurgião, especialista em endoscopia de coluna e cirurgia minimamente invasiva da coluna.

Nestes casos, Amato explica que os principais métodos são a cifoplastia e a vertebroplastia que podem, em muitos casos, ser realizada com sedação e anestesia local. Há situações em que o paciente pode se internar e deixar o hospital no mesmo dia da cirurgia.