Incêndio em Portugal já contabiliza 63 mortos

Mais de mil bombeiros seguem tentando conter o gigantesco incêndio

Um incêndio de grandes proporções atinge uma área florestal na cidade de Pedrógão Grande, no centro de Portugal, desde o último sábado. A tragédia já deixou 63 pessoas mortas e outras 62 feridas, incluindo bombeiros, de acordo com o secretário do Interior, Jorge Gomes. Os bombeiros continuam combatendo as chamas nesta segunda-feira, quando três estradas nacionais e duas estradas locais tiveram seu trânsito interrompido.

“Estamos enfrentando a maior tragédia de vítimas humanas dos últimos tempos por um acidente deste tipo”, disse o primeiro-ministro Português, António Costa. Ele também fez um apelo para que os cidadãos de áreas afetadas por incêndios cumpriam as ordens das autoridades para que saiam de suas casas.

Mais de mil bombeiros seguem tentando conter o gigantesco incêndio. Novos dados do Sistema Europeu de Informação de Fogos Florestais apontam que o fogo já consumiu 300 quilômetros quadrados, uma área um pouco menor que a de Fortaleza. Um vídeo feito com drone mostra a destruição causada pelo fogo.

Após um fim de semana com 40ºC em várias regiões do país, a temperatura registrou leve queda, mas o incêndio, declarado no sábado (17) à tarde em Pedrógão Grande, prosseguia na direção das regiões vizinhas de Castelo Branco e Coimbra nesta segunda-feira (19).

As autoridades portuguesas informaram que muitas vítimas morreram em seus veículos quando se viram cercadas pelas chamas no momento em que passavam pela rodovia nacional 236, que liga Figueiró dos Vinhos com Castanheira de Pera, no sábado.

Clique aqui e veja o vídeo.

(Visited 37 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Últimas Notícias