Procon interdita peixaria de hipermercado na Capital

A Subsecretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, em parceria com a Procon Estadual, deflagrou manhã desta quinta-feira (25) uma operação que resultou na interdição da peixaria do Hipermercado Extra na Rua Maracaju, por estar vendendo produtos impróprios para o consumo humano.

Esta não é a primeira vez que o supermercado é flagrado vendendo produtos sem condições de consumo. A operação se deu após denúncia anônima e conta com o apoio da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) e da Vigilância Sanitária Municipal.

De acordo com o subsecretário municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Valdir Custódio, cerca de uma tonelada de peixe foi recolhido. “A câmara fria da peixaria foi interditada. Estão pesando o material apreendido, que deve resultar em cerca de uma tonelada de peixe impróprio para o consumo”, afirma.

Além do peixe, cerca de 200 itens foram recolhidos por estarem foram do prazo de validade.

Para Valdir Custódio, a acão é muito importante por garantir a segurança da saúde dos campo-grandenses. “O que foi constatado hoje fere não apenas o direito do consumidor, como saúde pública do campo-grandense. A secretaria está atenta e atuante”, finaliza.

(Visited 133 times, 1 visits today)

Comentários

comentários

Editorial
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!